Esportes

Presidente do Bahia rebate deputado durante entrevista: "Medíocre é a política brasileira"

Durante a entrevista do presidente do Bahia, Marcelo SantʹAna, na Rádio Metrópole, o deputado estadual Sandro Régis (DEM-BA) fez uma participação no Jornal da Cidade 2ª Edição na última quinta-feira (28) e fez duras críticas ao futebol apresentado pelo tricolor na atual temporada. [Leia mais...]

[Presidente do Bahia rebate deputado durante entrevista:
Foto : Matheus Simoni/Metropress

Por Matheus Simoni e Felipe Paranhos no dia 29 de Setembro de 2017 ⋅ 07:30

Durante a entrevista do presidente do Bahia, Marcelo SantʹAna, na Rádio Metrópole, o deputado estadual Sandro Régis (DEM-BA) fez uma participação no Jornal da Cidade 2ª Edição na última quinta-feira (28) e fez duras críticas ao futebol apresentado pelo tricolor na atual temporada. O parlamentar questionou as atuações do Esquadrão de Aço, classificando o desempenho na Série A como "medíocre".

Marcelo SantʹAna rebateu as declarações de Régis e disse que medíocre era a política nacional. "Acredito só que as expressões [usadas pelo deputado] são muito pesadas. Medíocre é a política brasileira, em que quase todos os partidos estão imersos na Lava Jato. Na própria Assembleia Legislativa há falhas. Cito o Centro de Convenções, que não deu em nada, outra tragédia em que morreram mais de 20 pessoas... Em todas as esferas a gente tem uma série de problemas. Medíocre é a política brasileira, tomara que esses bons quadros [da política] comecem a ter protagonismo", disse o presidente do time tricolor.

Ainda respondendo o deputado, Marcelo SantʹAna fez uma comparação com o desempenho do Bahia na temporada passada, quando o clube garantiu vaga na Série A por uma combinação de resultados na rodada final, mesmo perdendo para o Atlético-GO.

"O Bahia estava na Série B, vou dar alguns parâmetros. Tinha uma receita bruta de R$ 60 milhões, hoje tem R$ 127 milhões. Uma valorização do Bahia enquanto produto, enquanto marca. Concordo com o deputado que o Bahia tem feito uma Série A abaixo da niossa expectativa e potencial, no entanto só esteve em uma rodada na zona. Considero isso algo pontual, assim como em uma rodada também foi líder do campeonato, também pontual, não era nossa realidade. Temos tentado recuperar esse clube, que durante muito tempo foi mal administrado. O Bahia tem uma linha de ação. Existem dificuldades, mas disputamos a Série A. E o campeonato de pontos corridos é pra quem é melhor em 38 rodadas. Não é demérito [ter precisado da derrota do Náutico]. Como nesse ano o Corinthians fez um primeiro turno brilhante e talvez não precise das 38 rodadas para ser campeão brasileiro, pela sua competência. E espero que o Bahia, que tem a quinta melhor média de público, uma torcida apaixonada, vai chegar onde merecemos", destacou.

Notícias relacionadas

[Vitória anuncia dispensa e afastamento de atletas]
Esportes

Vitória anuncia dispensa e afastamento de atletas

Por Matheus Simoni no dia 12 de Abril de 2019 ⋅ 13:40 em Esportes

Jogadores treinarão à parte, a partir da próxima segunda-feira (15), num grupo especial, em horário oposto ao elenco principal