Esportes

Horas após criticar política, presidente do Bahia é indicado para receber medalha na Câmara

O presidente do Bahia, Marcelo SantʹAna, foi indicado pelo vereador Beca (PPS) para receber a Medalha Thomé de Souza, uma das sete honrarias oferecidas pela Câmara de Salvador. O curioso é que a apresentação da proposta foi publicada no Diário Oficial do Legislativo nesta sexta (29), horas após o dirigente — irritado com questionamentos do deputado Sandro Régis (DEM) — criticar a política brasileira na Rádio Metrópole. [Leia mais...]

[Horas após criticar política, presidente do Bahia é indicado para receber medalha na Câmara]
Foto : Matheus Simoni/Metropress

Por Felipe Paranhos no dia 29 de Setembro de 2017 ⋅ 11:28

O presidente do Bahia, Marcelo SantʹAna, foi indicado pelo vereador Beca (PPS) para receber a Medalha Thomé de Souza, uma das sete honrarias oferecidas pela Câmara de Salvador. O curioso é que a apresentação da proposta foi publicada no Diário Oficial do Legislativo nesta sexta (29), horas após o dirigente — irritado com questionamentos do deputado Sandro Régis (DEM) — criticar a política brasileira na Rádio Metrópole.

Na ocasião, Régis participou do Jornal da Cidade 2ª Edição, apresentado por Chico Kertész. Antes de o deputado começar a falar, SantʹAna provocou: "Tomara que na minha frente ele fale as coisas que ele fala pela internet, porque sempre me mandam print".

O democrata, então, criticou SantʹAna por efetivar o treinador Preto Casagrande, que está em sua primeira experiência como técnico. Régis também elogiou os avanços da gestão de Marcelo, mas ressaltou a situação "sofrível" com que o Bahia subiu à Série A e o "futebol medíocre" do elenco deste ano.

O dirigente não disfarçou a irritação. "Acredito só que as expressões [usadas pelo deputado] são muito pesadas. Medíocre pra mim é a política brasileira, em que quase todos os partidos estão imersos na Lava Jato. Muita gente sem saber explicar origem de dinheiro. Na própria Assembleia Legislativa a gente tem alguns trabalhos, a exemplo do Centro de Convenções, que nunca vi desdobramento nenhum. A gente teve outra tragédia na Baía de Todos os Santos, em que morreram mais de 20 pessoas, várias famílias sofrendo por absoluta falta de fiscalização do Poder Público... Em todas as esferas a gente tem uma série de problemas. Medíocre é a política brasileira, que envergonha o cidadão, que envergonha o contribuinte. É uma classe desprestigiada, infelizmente, porque tem bons quadros. Tomara que esses bons quadros [da política] comecem a ter protagonismo", disse SantʹAna.

Notícias relacionadas

[Barradão 'é lugar do futebol masculino', diz Paulo Carneiro]
Esportes

Barradão 'é lugar do futebol masculino', diz Paulo Carneiro

Por Juliana Almirante no dia 19 de Abril de 2019 ⋅ 13:30 em Esportes

Candidato à presidência do Vitória também disse que pretende se reunir com o consórcio que administra a Fonte Nova para garantir os direitos do clube sobre o estádio