Esportes

Polícia Federal abre inquérito para investigar corrupção no futebol

A investigação brasileira também irá contar com atuação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que irá trabalhar com a PF na investigação. Na última quarta-feira (27), sete dirigentes da Fifa foram presos por agentes do FBI. Entre os suspeitos de integrar um esquema de corrupção no futebol, está o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) José Maria Marin. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/Polícia Federal (Ilustrativa)

Por Matheus Simoni no dia 28 de Maio de 2015 ⋅ 19:21

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, instaurou um um inquérito nesta quinta-feira (28) para que a Polícia Federal possa apurar se foram cometidos no Brasil crimes ligados ao suposto esquema de corrupção no futebol investigado pelo serviço de inteligência norte-americano, FBI. A investigação brasileira também irá contar com atuação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que irá trabalhar com a PF na investigação.

 

"Determinamos a abertura de inquérito policial para investigação dos fatos, ou seja, a PF já determinou a abertura, e o inquérito correrá pela Superintendência do Rio de Janeiro, por força da competência da PF local. Por essa razão, vamos apurar, e a orientação do Ministério da Justiça é que as investigações sejam feitas com seriedade. Vamos buscar coletar todas as provas e situações para averiguar se há ocorrência de crimes", afirmou o ministro. Na última quarta-feira (27), sete dirigentes da Fifa foram presos por agentes do FBI. Entre os suspeitos de integrar um esquema de corrupção no futebol, está o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) José Maria Marin.

Notícias relacionadas