Esportes

Clube russo é acusado de racismo: ‘Vejam como chocolate derrete no sol’

Após a repercussão negativa, o Spartak apagou o vídeo e divulgou outro, em que Fernando nega ter havido racismo no episódio. "No Spartak, não tem racismo. Somos uma família unida", disse o brasileiro. [Leia mais...]

[Clube russo é acusado de racismo: ‘Vejam como chocolate derrete no sol’]
Foto : Reprodução/Twitter

Por Metro1 no dia 13 de Janeiro de 2018 ⋅ 17:03

Um vídeo postado no Twitter oficial do Spartak Moscou, da Rússia, causou polêmica neste sábado (13), ao ser considerado racista por usuários da rede social.

Na publicação, em referência ao aquecimento de jogadores brasileiros, o clube diz: "Vejam como chocolate derrete no sol". O time tem em seu elenco os atletas Luiz Adriano, Pedro Rocha e Fernando.

Após a repercussão negativa, o Spartak apagou o vídeo e divulgou outro, em que Fernando nega ter havido racismo no episódio. "No Spartak, não tem racismo. Somos uma família unida", disse o brasileiro.

Comentarios

Notícias relacionadas