Esportes

Ex-presidente do Vitória cobra renúncia e diz que Ricardo David é 'estagiário'

'O clube ainda não chegou no fundo do poço, temos que tomar cuidado porque se não o Vitória pode se tornar uma Portuguesa da vida', disse Portela

[Ex-presidente do Vitória cobra renúncia e diz que Ricardo David é 'estagiário']
Foto : Felipe Oliveira/ECV/Divulgação

Por Matheus Simoni no dia 26 de Novembro de 2018 ⋅ 09:46

O ex-presidente do Vitória e diretor da Liga do Nordeste, Alexi Portela, fez duras críticas à gestão de Ricardo David no Vitória e cobrou a saída dele após o rebaixamento para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Em entrevista a José Eduardo na Rádio Metrópole hoje (26), o cartola condicionou a melhora na equipe à saída do dirigente.

"Se ele continuar, vamos disputar a Série C em 2019. O clube ainda não chegou no fundo do poço, temos que tomar cuidado porque se não o Vitória pode se tornar uma Portuguesa da vida", disse Portela. Ainda segundo Alexi Portela, o principal erro de Ricardo David foi ter assumido o clube. "Não tinha condições. O Vitória entregou o clube a um estagiário. Ele tem uma boa oratória, mas não conhece de bola. Para ser presidente, tem que ser boleiro. Eu gosto de futebol, qualquer jogo de futebol, tem que gostar do mitiê. Não adianta gostar do negócio", afirmou. 

O ex-dirigente rubro-negro ainda falou do Conselho Deliberativo do clube, presidido por Paulo Catharino. Na avaliação de AlexI Portela, o representante do colegiado do Vitória também não tem condições de chefia do órgão.

"Paulinho é uma pessoa que não tinha condições e experiência para ser presidente do Conselho. Com essa onda de democracia, que ganhou agora a extrema-direita, ela é muito bonita no papel. Colocaram meninos de internet no conselho, totalmente sem condições. Aquilo ali não é brincadeira, é um clube de mais de 3 milhões de torcedores", declarou. "Fizeram um estatuto muito mal feito. Tinha que ter mais amarras para ser conselheiro, uma graduação. Eu me sinto responsável por abrir o clube. Não tem nem dois anos de estatuto e agora vão mudar ele. Isso mostra que ele é uma porcaria", disse.

Portela cobrou a realização de uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE) para renovar o quadro de conselheiros e eleição de uma nova presidência. "Temos que tirar as vaidades e unir o clube em volta de uma eleição geral, pegando um candidato de consenso. A situação piorou muito, se não tivermos cuidado, vamos acabar com o clube", finalizou. 
 

Notícias relacionadas