Esportes

Tite recusa encontro com Bolsonaro antes ou depois da Copa América

O treinador disse que sua atividade "não se mistura" com a política e que não se sentiria "confortável" para um eventual encontro

[Tite recusa encontro com Bolsonaro antes ou depois da Copa América]
Foto : Lucas Figueiredo / CBF

Por Daniel Brito no dia 05 de Dezembro de 2018 ⋅ 13:00

O técnico da seleção brasileira, Tite, disse ontem (14) que não irá se encontrar com o presidente eleito Jair Bolsonaro no próximo ano antes ou depois da Copa América, mesmo que surja um convite para isso. 

Questionado por jornalistas sobre a participação de Bolsonaro na comemoração do título nacional do Palmeiras, ele afirmou também que a sua atividade "não se mistura" com a política e que não se sentiria "confortável" para um eventual encontro.

O encontro da delegação com presidentes da República era comum no passado antes de Copas do Mundo, inclusive após a conquista dos títulos. Porém, no mundial deste ano, a tradição foi quebrada e o técnico não levou a seleção para Brasília antes do embarque para a Rússia. 
 

Notícias relacionadas

[Famílias recusam proposta do Flamengo]
Esportes

Famílias recusam proposta do Flamengo

Por Clara Rellstab no dia 22 de Fevereiro de 2019 ⋅ 06:36 em Esportes

Sem precisar números, tanto parentes quanto advogados disseram que a proposta foi pouco superior aos R$ 400 mil e um salário mínimo mensal