Esportes

Galvão Bueno chama Banda Didá de 'Olodum feminino' e é criticado nas redes

Grupo percussivo feminino se manifestou sobre a gafe por meio do Instagram, com a hashtag #pegavisãogalvão

[Galvão Bueno chama Banda Didá de 'Olodum feminino' e é criticado nas redes]
Foto : Reprodução / TV Globo

Por Juliana Rodrigues no dia 09 de Junho de 2019 ⋅ 19:35

O narrador Galvão Bueno cometeu uma gafe ao confundir, na manhã de hoje (9), a banda percussiva Didá com o bloco Olodum. O grupo feminino tocou no Pelourinho e embalou a festa da estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo, com vitória por 3 a 0 sobre a Jamaica. Tradicionalmente, durante o Mundial masculino, é o Olodum que aparece nas transmissões da Globo.

Nas redes sociais, internautas apontaram a falha de Galvão, que se repetiu diversas vezes ao longo da transmissão. "Faltou alguém dizer a Galvão Bueno na transmissão do jogo de hoje, que não existe Olodum feminino, quem estava tocando no Pelourinho era a Banda Didá, um grupo de mulheres percussionistas criado há 25 anos. Até quando se quer homenagear mulher realizam apagamento!", escreveu o historiador Henrique Oliveira, no Twitter.

Por meio do Instagram, a banda Didá se manifestou sobre a gafe. "Olodum feminino? A Didá existe há 25 anos falando de Samba-reggae na resistência negra feminina. Anota aí... é Didá Banda Feminina, a primeira banda percussiva feminina que se tem notícias na história do país. #pegavisãogalvão", diz a publicação.

 

Notícias relacionadas