Esportes

Lesão de Guerra deve tirá-lo de campo por mais de 15 dias, revela médico do Bahia

Ainda segundo o médico, a lesão não tem nada a ver com o histórico do jogador, que passou por problemas de ordem física ainda no Palmeiras, sua equipe anterior

[Lesão de Guerra deve tirá-lo de campo por mais de 15 dias, revela médico do Bahia]
Foto : Felipe Oliveira / EC Bahia

Por Alexandre Galvão no dia 15 de Julho de 2019 ⋅ 15:17

A lesão sofrida pelo meia Guerra, na partida do Bahia com o Santos, no sábado (12), deve afastar o recém-contratado do clube por pelo menos 15 dias, de acordo com o coordenador médico do Bahia, Dr. Luiz Sapucaia. 

“Ele sofreu um estiramento importante do ligamento colateral medial do joelho. É um acidente de trabalho, infelizmente acontece. É uma lesão que dói muito, que dá certa instabilidade ao joelho. Vamos imobilizar por uma ou duas semanas e o retorno acontecerá de acordo com a resposta dele”, afirmou. 

Ainda segundo o médico, a lesão não tem nada a ver com o histórico do jogador, que passou por problemas de ordem física ainda no Palmeiras, sua equipe anterior. “É algo causal. Acontece no esporte”, ressaltou Sapucaia. 

O caso de Guerra, segundo o chefe do Departamento Médico do Bahia, é semelhante ao que aconteceu com o volante Gregore esse ano. Ele ficou aproximadamente 40 dias de molho até voltar.

Notícias relacionadas