Justiça

Após nova prisão, defesa de Joesley faz pedido de liberdade

O pedido foi feito à desembargadora Mônica Sifuentes, que expediu o mandado no âmbito da Operação Capitu

[Após nova prisão, defesa de Joesley faz pedido de liberdade]
Foto : Marcelo Camargo / Agência Brasil

Por Daniel Brito no dia 10 de Novembro de 2018 ⋅ 17:30

A defesa do empresário Joesley Batista pediu hoje (10) a revogação da prisão decretada ontem contra ele pelo Tribunal Regional Federal (TRF1) da 1ª Região, em Belo Horizonte. O pedido foi feito à desembargadora Mônica Sifuentes, que expediu os mandados através da Operação Capitu.

Além do proprietário da JBS, foi preso também pela Polícia Federal o vice-governador de Minas Gerais, Antônio Andrade (MDB). A operação investiga o pagamento de propina a servidores e agentes políticos que atuavam no Ministério da Agricultura e na Câmara dos Deputados.

O adovogado do empresário e autor do pedido, André Callegari, argumenta que a prisão temporária foi decretada para que Joesley fosse ouvido e entregasse documentos pedidos pela Justiça. Segundo o advogado, já que a Polícia Federal tomou o depoimento e os mandados de busca e apreensão também foram cumpridos, não haveria mais necessidade da prisão.

No total 63 mandados de busca e apreensão e 19 de prisão temporária foram cumpridos até então nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Paraíba e no Distrito Federal.

 

Notícias relacionadas