Justiça

STF pode impedir João de Deus de atuar como médium

A decisão cabe ao presidente da Corte, Dias Toffoli

[STF pode impedir João de Deus de atuar como médium]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Lara Ferreira no dia 27 de Dezembro de 2018 ⋅ 16:20

O Supremo Tribunal Federal, que ficou responsável por decidir sobre pedido de liberdade para João de Deus, pode impedir que o médium exerça a atividade profissional. A informação foi divulgada hoje (27) pela Coluna do Estadão. 

O pedido de habeas corpus foi distribuído ao ministro Gilmar Mendes, mas cabe a Dias Toffoli, presidente do STF, decidir a respeito do caso, já que ele está no plantão do Judiciário, que entrou em recesso neste mês. 

Ainda de acordo com a Coluna, pelo menos cinco dos onze ministros da Corte já se consultaram com João de Deus: Toffoli e Mendes, além de Luís Roberto Barroso, Luiz Fux e Rosa Weber. Por causa disso, eles podem se declarar impedidos de atuar nas ações envolvendo o médium. 

Notícias relacionadas