Justiça

Moro obtém registro na OAB do Paraná e poderá voltar a advogar

O ex-ministro só poderá advogar a partir de 24 de outubro, após o período de quarentena imposto pela Comissão de Ética da Presidência

[Moro obtém registro na OAB do Paraná e poderá voltar a advogar]
Foto : Tânia Rêgo/Agência Brasil

Por Luciana Freire no dia 17 de Setembro de 2020 ⋅ 19:00

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro obteve o registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e poderá exercer a advocacia. Ele está inscrito na seccional da OAB no Paraná. A informação foi divulgada pela CNN Brasil. 

Moro só poderá advogar a partir de 24 de outubro, após o período de quarentena imposto pela Comissão de Ética da Presidência após sua saída do governo.

A comissão havia decidido que o ex-ministro só estava autorizado a dar aulas e escrever artigos para a imprensa. O impedimento de exercer atividades profissionais imposto a ex-ministros tem como justificativa o fato de eles terem tido informações privilegiadas no governo.

Notícias relacionadas