Mundo

Emocionado, Obama anuncia ações para reduzir violência com armas de fogo nos EUA

[Emocionado, Obama anuncia ações para reduzir violência com armas de fogo nos EUA]
Foto : Kevin Lamarque/Reuters

Por Matheus Simoni no dia 05 de Janeiro de 2016 ⋅ 16:15

O presidente americano, Barack Obama, anunciou nesta terça-feira (5) uma série de medidas do governo para combater a violência armada nos Estados Unidos. O presidente chegou a se emocionar durante o discurso, onde defendeu os planos do governo americano para aumentar as verificações de antecedentes de pessoas que pretendem comprar armas de fogo pela internet e em feiras de armas. Segundo Obama, as atuais exceções não fazem sentido.

"Criamos um sistema em que pessoas perigosas são autorizadas a cumprir regras diferentes", declarou o presidente americano, em pronunciamento na Casa Branca. Obama disse também que as novas regras "não são um plano para retirar as armas de todo mundo". "Acredito que podemos encontrar maneiras de reduzir a violência armada de formas consistentes com a Segunda Emenda", afirmou, fazendo referência ao direito constitucional ao porte de armas nos Estados Unidos.

O presidente se emocionou ao lembrar de massacres praticados por atiradores, especialmente o que deixou 28 mortos numa escola do estado de Connecticut, no norte dos Estados Unidos, em 2012, sendo 20 crianças. "Toda vez que eu penso naquelas crianças eu fico com raiva", disse o presidente, após fazer uma pausa e secar as lágrimas com a mão.

 

Notícias relacionadas

[Emissões de CO2 aumentam em 2018]
Mundo

Emissões de CO2 aumentam em 2018

Por Marina Hortélio no dia 06 de Dezembro de 2018 ⋅ 22:00 em Mundo

O aumento afasta o mundo da metas estabelecidas pelo Acordo de Paris