Mundo

Músico norte-americano, Paul Kantner, morre após ataque cardíaco

O cantor e guitarrista Paul Kantner, de 74 anos, morreu na última quinta-feira (28), após ter uma falência múltipla dos órgãos e choque séptico, conforme disse a amiga do músico, Cynthia Bowman. [Leia mais...]

[Músico norte-americano, Paul Kantner, morre após ataque cardíaco]
Foto : Reprodução / O Globo

Por Paloma Andrade no dia 29 de Janeiro de 2016 ⋅ 07:11

O cantor e guitarrista Paul Kantner, de 74 anos, morreu na última quinta-feira (28), após ter uma falência múltipla dos órgãos e choque séptico, conforme disse a amiga do músico, Cynthia Bowman. Segundo ela, Paul ainda sofreu um ataque cardíaco esta semana. O cantor já sofria problemas de saúde, desde março de 2015, quando teve o primeiro ataque cardíaco.

Kantner foi um grande nome na cena musical de San Fracisco e um dos fundadores da banda de rock norte-americana, Jefferson Airplane, em meados de 1960. O músico foi um dos responsáveis pelos sucessos "Somebody to love" e "White rabbit".

Ainda não há informações sobre o sepultamento do cantor.


 

Notícias relacionadas

[Bolsonaro cancela entrevista coletiva em Davos de última hora]
Mundo

Bolsonaro cancela entrevista coletiva em Davos de última hora

Por Kamille Martinho no dia 23 de Janeiro de 2019 ⋅ 12:20 em Mundo

A reunião foi desmarcada cerca de meia hora antes do início; assessores do presidente alegaram "comportamento anti-profissional da imprensa" para justificar o cancelament...

[Ghosn pode renunciar a cargos na Renault]
Mundo

Ghosn pode renunciar a cargos na Renault

Por Juliana Rodrigues no dia 23 de Janeiro de 2019 ⋅ 10:20 em Mundo

Ex-executivo teve o segundo pedido de liberdade negado e ficará sob custódia da Justiça japonesa por mais dois meses

[Cantor Chris Brown é preso na França acusado de estupro]
Mundo

Cantor Chris Brown é preso na França acusado de estupro

Por Kamille Martinho no dia 22 de Janeiro de 2019 ⋅ 11:00 em Mundo

Segundo o jornal francês “Le Parisien”, a queixa foi apresentada por uma jovem de 24 anos e o suposto crime teria acontecido durante a noite de 15 de janeiro