Mundo

Turquia: presidente ameaça mandar refugiados sírios para outros países

Os apelos internacionais para abertura da fronteira turca aos sírios que fugiram do combate em Alepo foram criticados pelo presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, nesta quinta-feira (11). [Leia mais...]

[Turquia: presidente ameaça mandar refugiados sírios para outros países ]
Foto : Reprodução / Presidência da Rússia

Por Matheus Morais no dia 11 de Fevereiro de 2016 ⋅ 10:23

Os apelos internacionais para abertura da fronteira turca aos sírios que fugiram do combate em Alepo foram criticados pelo presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, nesta quinta-feira (11). Além disso, ele ameaçou mandar os sírios para outros países. “Não está escrito ‘idiota’ nas nossas testas. Não pensem que os aviões e os ônibus estão aqui para nada. Faremos o que for necessário”, afirmou Erdogan em discurso a empresários em Ancara.

A veracidade de uma discussão entre o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Jucker, e o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk sobre o destino dos migrantes, divulgada pela imprensa, também foi confirmada por Erdogan. O presidente turco ameaçou inundar os países europeus de migrantes se a Turquia não receber um valor satisfatório para os acolher em seu território. “Estou orgulhoso de ter dito. Defendemos os direitos da Turquia e dos refugiados”, disse.

Notícias relacionadas