Mundo

Polícia recomenda que pessoas fiquem em casa após carro explodir em Berlim

Um bairro Berlim foi interditado após um carro-bomba explodir em uma rua central da cidade alemã, na manhã desta terça-feira (15). De acordo com a CNN, o motorista morreu e ainda não foi identificado.[Leia mais...]

[Polícia recomenda que pessoas fiquem em casa após carro explodir em Berlim]
Foto :Michael Sohn / AP

Por Camila Tíssia no dia 15 de Março de 2016 ⋅ 08:27

Um bairro Berlim foi interditado após um carro-bomba explodir em uma rua central da cidade alemã, na manhã desta terça-feira (15). De acordo com a CNN, o motorista morreu e ainda não foi identificado. 

Pedaços do carro ficaram espalhados pela via e, segundo a polícia local divulgou no Twitter, é possível que os explosivos tenham provocado a explosão. Por medida de segurança, a polícia chegou a recomendar que pessoas que estivessem hospedadas na região permanecem em casa e fechassem as janelas. 

Investigadores estão no local. A polícia inspeciona o veículo em busca de mais explosivos. Os detalhes do incidente ainda são apurados. 

Notícias relacionadas

[Bolsonaro cancela entrevista coletiva em Davos de última hora]
Mundo

Bolsonaro cancela entrevista coletiva em Davos de última hora

Por Kamille Martinho no dia 23 de Janeiro de 2019 ⋅ 12:20 em Mundo

A reunião foi desmarcada cerca de meia hora antes do início; assessores do presidente alegaram "comportamento anti-profissional da imprensa" para justificar o cancelament...

[Ghosn pode renunciar a cargos na Renault]
Mundo

Ghosn pode renunciar a cargos na Renault

Por Juliana Rodrigues no dia 23 de Janeiro de 2019 ⋅ 10:20 em Mundo

Ex-executivo teve o segundo pedido de liberdade negado e ficará sob custódia da Justiça japonesa por mais dois meses

[Cantor Chris Brown é preso na França acusado de estupro]
Mundo

Cantor Chris Brown é preso na França acusado de estupro

Por Kamille Martinho no dia 22 de Janeiro de 2019 ⋅ 11:00 em Mundo

Segundo o jornal francês “Le Parisien”, a queixa foi apresentada por uma jovem de 24 anos e o suposto crime teria acontecido durante a noite de 15 de janeiro