Mundo

Paquistão: número de mortos em atentado sobe para 72, incluindo 29 crianças

Subiu para 72 o número de mortos no atentado suicida, desse domingo (27), na cidade de Lahore, no Leste do Paquistão. As informações foram confirmadas, hoje (28), por autoridades paquistanesas. Entre os mortos estão 29 crianças, segundo Zaeem Qadri, porta-voz do governo da província de Punjab, da qual Lahore é capital. [Leia mais...]

[Paquistão: número de mortos em atentado sobe para 72, incluindo 29 crianças]
Foto : K.M. Chuadary/AP

Por Camila Tíssia no dia 28 de Março de 2016 ⋅ 08:14

Subiu para 72 o número de mortos no atentado suicida, desse domingo (27), na cidade de Lahore, no Leste do Paquistão. As informações foram confirmadas, hoje (28), por autoridades paquistanesas. Entre os mortos estão 29 crianças, segundo Zaeem Qadri, porta-voz do governo da província de Punjab, da qual Lahore é capital.

Mais 315 pessoas ficaram feridas no atentado, no parque público Gulshan-i-Iqbal, acrescentou o porta-voz, citado pela agência oficial chinesa Xinhua. Zaeem Qadri informou ainda que já foram identificadas 54 vítimas, cujos corpos foram entregues aos familiares.

O atentado, cuja autoria foi reivindicada pelo grupo talibã Jamaat ul Ahrar, foi praticado por um homem-bomba de 28 anos, procedente da cidade de Muzaffargarh, pertencente a Punjab. De acordo com publicação da Agência Brasil, o suicida entrou no parque e acionou o explosivo que tinha no corpo, perto da área de jogos para crianças, por isso a maior parte das vítimas é formada por crianças e mulheres.

O ministro-chefe de Punjab, Shahbaz Sharif, anunciou três dias de luto e disse que todos os edifícios governamentais da província vão colocar a Bandeira Nacional a meio-mastro.

Leia mais:

Explosão em parque no Paquistão mata pelo menos 65 pessoas

Notícias relacionadas

[Mais de 821 milhões de pessoas no mundo passaram fome em 2018]
Mundo

Mais de 821 milhões de pessoas no mundo passaram fome em 2018

Por Alexandre Galvão no dia 16 de Julho de 2019 ⋅ 13:58 em Mundo

Conforme o documento Estado da Insegurança Alimentar e Nutricional no Mundo, desde 2015, a taxa de prevalência de desnutrição em todo mundo parou de cair e manteve-se em...