Mundo

Homem que salvou 669 crianças na Segunda Guerra Mundial morre aos 106 anos

Morreu nesta quarta-feira (1), Nicholas Winton, conhecido como o "Oskar Schindler" inglês. Você provavelmente não deve lembrar dele pelo nome, mas sua façanha foi conhecida pelo mundo todo. Na internet, um vídeo viralizou e foi compartilhado inúmeras vezes relatando o ato heroico de Winton. Ele ficou conhecido por salvar 669 crianças dos horrores nazistas da Segunda Guerra Mundial. [?eia mais...]

[Homem que salvou 669 crianças na Segunda Guerra Mundial morre aos 106 anos]
Foto : Reprodução/The Guardian

Por Matheus Simoni no dia 01 de Julho de 2015 ⋅ 15:18

Morreu nesta quarta-feira (1), Nicholas Winton, conhecido como o "Oskar Schindler" inglês. Você provavelmente não deve lembrar dele pelo nome, mas sua façanha foi conhecida pelo mundo todo. Na internet, um vídeo viralizou e foi compartilhado inúmeras vezes relatando o ato heróico de Winton. Ele ficou conhecido por salvar 669 crianças dos horrores nazistas da Segunda Guerra Mundial. O inglês atuou para tentar evacuar meninos e meninas das áreas tomadas pela Alemanha nazista.

Nicholas Winton organizou oito trens, entre o leste europeu e o Reino Unido, conhecido como os "trens da vida". O britânico persuadiu os alemães a não bloquearem a operação. Ele também fez uma intensa campanha nos jornais ingleses para encontrar famílias que pudessem receber as crianças, em sua maioria judias. Voltando para Londres, continuou com sua missão até setembro de 1939, quando a Segunda Guerra começou. Toda a façanha de Winton foi contada somente no ano de 1988, quando sua esposa Greta descobriu um velho arquivo contendo um livro, datado de 1939, com os nomes e as fotografias de todas as crianças que foram salvas, juntamente com cartas aos pais destas crianças.

O inglês foi agraciado com vários prêmios e homenagens ao longo dos anos. Em 1983, foi nomeado membro da Ordem do Império Britânico por seu trabalho na instalação de asilos da sociedade Abbeyfield na Grã-Bretanha. Em 2002, foi elevado a cavaleiro pela rainha Elizabeth II em reconhecimento ao seu trabalho no salvamento das crianças judias. O asteroide 19384 Winton foi nomeado em sua honra pelo casal de astrônomos checos Jana Tichá e Miloš Tichý. Em 2008, Nicholas Winton foi homenageado pelo governo checo com a Cruz do Mérito do Ministério da Defesa, Grau I, e indicado pelo governo checo para o Prêmio Nobel da Paz de 2008.

Confira o vídeo: 

 

Notícias relacionadas