Mundo

Vice-ministro italiano faz greve de fome e exige lei para casamento gay

O vice-ministro italiano, Ivan Scalfarotto, informou nesta quinta-feira (2) que está em greve de fome desde a última segunda-feira (29) em manifestação à aprovação da união civil homoafetiva. Dentre os países da Europa Ocidental, a Itália é o único que não tem uma lei que regulariza o casamento gay. [Leia mais...]

[Vice-ministro italiano faz greve de fome e exige lei para casamento gay]
Foto : Reprodução/ Libertaepersona

Por Bárbara Gomes no dia 02 de Julho de 2015 ⋅ 14:14

O vice-ministro italiano, Ivan Scalfarotto, informou nesta quinta-feira (2) que está em greve de fome desde a última segunda-feira (29) em manifestação à aprovação da união civil homoafetiva. Dentre os países da Europa Ocidental, a Itália é o único que não tem uma lei que regulariza o casamento gay.

De cordo com a matéria do G1, há um projeto de lei aprovado pelo primeiro-ministro Matteo Renzi que está bloqueado no parlamento, mesmo com o apoio da maioria dos parlamentares. Scalfarotto tem 49 anos e é ativista da causa homossexual, ele lamentou o silêncio de tantas "pessoas boas" que não se manifestam para a aprovação da lei.

O vice-ministro ainda elogiou os Estados Unidos ao legalizar o casamento gay em todo o país. Ele disse que vai manter a greve de fome até quando não houver mais a violação dos direitos humanos.

Notícias relacionadas