Mundo

Dilma afirma que confia em Obama e no fim da espionagem americana ao Brasil

Em nota divulgada neste sábado (4), a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República afirmou que a presidente Dilma Rousseff (PT) confia no presidente americano, Barack Obama, e em seu compromisso de que não haverá mais espionagem contra o Brasil e empresas brasileiras.

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Matheus Morais no dia 05 de Julho de 2015 ⋅ 10:09

Em nota divulgada neste sábado (4), a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República afirmou que a presidente Dilma Rousseff (PT) confia no presidente americano, Barack Obama, e em seu compromisso de que não haverá mais espionagem contra o Brasil e empresas brasileiras. De acordo com o site Wikileaks, ligações de 29 números de telefone do governo brasileiro, incluindo a Presidência da República, o Ministério da Fazenda, o Banco Central e o Ministério das Relações Exteriores teriam sido interceptadas.

Ainda de acordo com  a nota, Dilma considera o assunto superado. "Em várias circunstâncias, a presidenta Dilma Rousseff ouviu do presidente Barack Obama o compromisso de que não haveria mais escutas sobre o governo e empresas brasileiras, uma vez que os EUA respeitam os 'países amigos'".

Na nota divulgada pela secretaria, a Presidência da República afirma ainda que a parceria estratégica entre o Brasil e os Estados Unidos se tornará cada vez mais forte e que a relação é baseada em respeito mútuo e no desenvolvimento de ambos os povos.

Notícias relacionadas