Mundo

Avião da FAB leva doações para desabrigados no Haiti

Uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) vai levar mantimentos de apoio aos desabrigados pelo furacão Matthew, no Haiti. Desta vez, vão ser enviadas 75 barracas com área útil de 25 metros quadrados cada, usadas pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) do Ministério da Integração. Segundo a Agência Brasil, a aeronave parte de Brasília, nesta sexta-feira (14). [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto :Logan Abassi UN/ MINUSTAH

Por Camila Tíssia no dia 12 de Outubro de 2016 ⋅ 18:48

Uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) vai levar mantimentos de apoio aos desabrigados pelo furacão Matthew, no Haiti. Desta vez, vão ser enviadas 75 barracas com área útil de 25 metros quadrados cada, usadas pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) do Ministério da Integração. Segundo a Agência Brasil, a aeronave parte de Brasília, nesta sexta-feira (14).

A assessoria do ministério afirma que, as barracas que serão entregues por dois agentes da Defesa Civil Nacional são de fácil manejo e montagem, têm piso e cobertura de PVC e estrutura tubular de alumínio. As estruturas serão usadas por famílias que ficaram desabrigadas depois que o fenômeno, de categoria 4, assolou o país caribenho no último dia 4. Com ventos de 235 quilômetros por hora, o furacão devassou diversas regiões do Caribe e do Sudeste dos Estados Unidos. No Haiti, segundo números da Organização das Nações Unidas (ONU), 1,4 milhão de pessoas foram afetadas no país.

O material reforça a ação integrada que tem sido coordenada pelo Ministério das Relações Exteriores envolvendo outras pastas do governo. A expectativa é que novas ações de apoio, como envio de kits humanitários e medicamentos, sejam definidas em uma reunião marcada para a próxima semana. De acordo com o cronograma da FAB, a próxima remessa deve seguir para o Haiti no voo marcado para o dia 22 ou 23 de outubro. 

Notícias relacionadas

[Menina de 7 anos morre sob custódia de agentes dos EUA]
Mundo

Menina de 7 anos morre sob custódia de agentes dos EUA

Por Matheus Simoni no dia 14 de Dezembro de 2018 ⋅ 12:20 em Mundo

Segundo informações do Washington Post, a menina e seu pai haviam sido detidos pelas autoridades imigratórias em 6 de dezembro no Estado do Novo México