Mundo

Papa diz que Iraque vive 'crueldade desenfreada' e reza em silêncio pela paz

Diante dos ataques ocorridos no Iraque, o papa Francisco fez um apelo neste domingo (23), na Praça de São Pedro, no Vaticano, e declarou estar "chocado" com a brutalidade do Estado Islâmico (EI) contra civis. "Neste momento dramático, estou ao lado de toda a população do Iraque, principalmente da cidade de Mossul", disse. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Vincenzo Pinto/AFP

Por Jessica Galvão no dia 23 de Outubro de 2016 ⋅ 13:03

Diante dos ataques ocorridos no Iraque, o papa Francisco fez um apelo neste domingo (23), na Praça de São Pedro, no Vaticano, e declarou estar "chocado" com a brutalidade do Estado Islâmico (EI) contra civis. "Neste momento dramático, estou ao lado de toda a população do Iraque, principalmente da cidade de Mossul", disse.

Em ato que reuniu aproximadamente 50 mil pessoas, o líder católico pediu que as pessoas rezem por "um futuro de segurança, de reconciliação e paz" no Iraque. "Nossos corações estão chocados com os desenfreados atos de violência que há muito tempo estão sendo cometidos contra cidadãos inocentes, tanto muçulmanos quanto cristãos, ou de outras etnias e religiões", afirmou Francisco. "Fiquei triste com a morte a sangue frio de vários filhos daquela terra amada, entre eles crianças. Esta crueldade nos faz chorar e nos deixa sem palavras". 

"Rezo para que o Iraque, duramente atingido, seja forte e tenha esperança de poder seguir adiante rumo a um futuro de segurança, reconciliação e paz. Peço a todos vocês que se unam a mim nesta oração", disse o Papa.

Notícias relacionadas

[Menina de 7 anos morre sob custódia de agentes dos EUA]
Mundo

Menina de 7 anos morre sob custódia de agentes dos EUA

Por Matheus Simoni no dia 14 de Dezembro de 2018 ⋅ 12:20 em Mundo

Segundo informações do Washington Post, a menina e seu pai haviam sido detidos pelas autoridades imigratórias em 6 de dezembro no Estado do Novo México