Mundo

Atentado com duas explosões deixa nove mortos e 24 feridos na Nigéria

Um atentado com duas explosões de homens-bomba suspeitas de fazerem parte do grupo radical Boko Haram mataram na cidade de Maiduguri, no nordeste da Nigéria, sete pessoas e deixaram 24 feridas na manhã deste sábado (29).[Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Gbemiga Olamikan/ AP | G1

Por Laura Lorenzo no dia 29 de Outubro de 2016 ⋅ 12:39

Um atentado com duas explosões de homens-bomba suspeitos de fazerem parte do grupo radical Boko Haram mataram na cidade de Maiduguri, no nordeste da Nigéria, sete pessoas e deixaram 24 feridas na manhã deste sábado (29).

Os homens-bomba tinham como intuito atingir o campo de refugiados de Bakassi, nos arredores de Maiduguri, a maior cidade da região e berço do Boko Haram. O acampamento abriga nigerianos que tiveram de deixar suas casas por causa da violência no país.

"Dois homens-bomba conduzindo rickshaws detonaram seus explosivos esta manhã", explicou o porta-voz da Agência Nacional dos Serviços de Emergência (Nema), Mohammed Kanar. "Um dos homens-bomba tentou penetrar no campo de deslocados de Bakassi, mas ele explodiu na entrada, matando quatro pessoas", completou.

A segunda  explosão aconteceu com cerce de dez minutos de intervalo da primeira. "O outro homem-bomba, que estava acompanhado por duas pessoas, explodiu alguns minutos mais tarde, perto do depósito de combustível do acampamento", contou Kanar.

"Nove pessoas foram mortas e 24 feridos foram evacuados para hospitais", informou a Nema por meio de uma publicação em seu Twitter.

De acordo com  informações da agência Reuters, duas mulheres-bomba explodiram em frente ao acampamento Bakasi, matando cinco homens e ferindo 11 mulheres, disse o exército em comunicado. Aproximadamente ao mesmo tempo, outra mulher-bomba se explodiu enquanto tentava entrar em um depósito de combustível da empresa de petróleo estatal NNPC, matando três pessoas, segundo o exército.

Notícias relacionadas