Mundo

Onda de calor na Índia já matou 1,1 mil pessoas em uma semana

A onda de calor que afeta a Índia há uma semana já matou mais de 1,1 mil pessoas e deve continuar nos próximos dias. O sul do país é a região mais afetada pela mudança climática. Lá está o maior número de vítimas, sobretudo entre entre os operários, os sem-teto e os idosos.

[Imagem not found]
Foto : AFP

Por Juliana Almirante no dia 27 de Maio de 2015 ⋅ 11:49

A onda de calor que afeta a Índia há uma semana já matou mais de 1,1 mil pessoas e deve continuar nos próximos dias. O sul do país é a região mais afetada pela mudança climática. Lá está o maior número de vítimas, sobretudo entre entre os operários, os sem-teto e os idosos. Em Nova Délhi, a meteorologia prevê que a temperatura deve permanecer ao redor dos 45ºC até a próxima semana.


"As temperaturas máximas não devem cair de forma substancial. Mas esperamos melhora a partir de 2 de junho, com a chegada de fortes chuvas", disse Brahma Prakash Yadav, do Departamento Indiano de Meteorologia (IMD). Os hospitais permanecem em alerta para tratar as vítimas da onda de calor nos estados mais afetados. As autoridades locais aconselham às pessoas para que não saiam às ruas e permaneçam hidratadas.

Notícias relacionadas

[China promete retaliar novas tarifas dos EUA]
Mundo

China promete retaliar novas tarifas dos EUA

Por Matheus Simoni no dia 18 de Setembro de 2018 ⋅ 12:00 em Mundo

A medida levanta o risco de que o presidente Donald Trump possa em breve adotar taxas sobre praticamente todos produtos chineses que o país compra