Mundo

Posicionamento do papa aumentou aceitação a gays e divorciados nas igrejas

De acordo com teólogos ouvidos pela reportagem, o papa argentino prega que, antes de ver o que há de diferente, “a Igreja se firma no que une as pessoas, que é o amor ao próximo”. [Leia mais...]

[Posicionamento do papa aumentou aceitação a gays e divorciados nas igrejas]
Foto : Divulgação;Gobierno del Chile

Por Clara Rellstab no dia 13 de Março de 2018 ⋅ 19:00

O posicionamento do papa Francisco aumentou aceitação a gays e divorciados nas igrejas católicas, segundo o Estadão. De acordo com teólogos ouvidos pela reportagem, o pontífice argentino prega que, antes de ver o que há de diferente, “a Igreja se firma no que une as pessoas, que é o amor ao próximo”.

"No fundo, ele não propõe valores ou ideias diferentes dos antecessores, mas um posicionamento diferente", afirmou Francisco Borba Ribeiro Neto, do Núcleo Fé e Cultura da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo à publicação.

O grande desafio, diz o docente da PUC, é fazer com que toda a comunidade se converta ao posicionamento do papa. “Há um grupo minoritário – mais barulhento do que numeroso – que se contrapõe a isso, porque fez a própria trajetória na linha da relação agressiva com o diferente”, opinou.

Comentarios

Notícias relacionadas

[Duque é eleito novo presidente da Colômbia]
Mundo

Duque é eleito novo presidente da Colômbia

Por Metro1 no dia 18 de Junho de 2018 ⋅ 09:40 em Mundo

No Twitter, o novo mandatário agradeceu aos eleitores pelo que chamou de "maior votação" da história da Colômbia