Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Mundo

Países das Américas avaliam manifestar rejeição à eleição na Venezuela

Entre outras coisas, pretende-se afirmar que o pleito é ilegítimo e que os países da região não reconhecerão decisões financeiras do regime, sejam renegociações de dívida, declarações de calote ou lançamento de moedas virtuais como o petro. [Leia mais...]

[Países das Américas avaliam manifestar rejeição à eleição na Venezuela ]
Foto : Carlos Barrios/ABI

Por Clara Rellstab no dia 11 de Abril de 2018 ⋅ 10:00

Ausente da oitava edição da Cúpula das Américas, que começa nesta sexta-feira (13) em Lima, no Peru, a Venezuela deve ser alvo de manifestação dos países participantes.

De acordo com a Folha de S. Paulo, alguns líderes já afirmaram que pretendem não reconhecer as eleições presidenciais marcadas para 20 de maio e fazer críticas ao regime de Nicolás Maduro.

Entre outras coisas, pretende-se afirmar que o pleito é ilegítimo e que os países da região não vão reconhecer decisões financeiras do regime, sejam renegociações de dívida, declarações de calote ou lançamento de moedas virtuais, como o petro.

Notícias relacionadas

[Trump deixa Casa Branca]
Mundo

Trump deixa Casa Branca

Por Adele Robichez no dia 20 de Janeiro de 2021 ⋅ 12:49 em Mundo

Presidente dos EUA não irá à posse de Joe Biden

[Biden anuncia primeiras medidas do governo]
Mundo

Biden anuncia primeiras medidas do governo

Por Adele Robichez no dia 20 de Janeiro de 2021 ⋅ 12:30 em Mundo

Presidente eleito dos EUA informa retorno à OMS, ao Acordo de Paris e interrupção da construção do muro na fronteira com o México

[Posse de Biden terá segurança reforçada]
Mundo

Posse de Biden terá segurança reforçada

Por Adele Robichez no dia 20 de Janeiro de 2021 ⋅ 07:17 em Mundo

Isso acontece após o ataque ao Capitólio por apoiadores de Trump durante a sessão de confirmação da vitória do democrata nas eleições