Mundo

Grupo pede personagens LGBT em 50% dos filmes até 2024

No ano passado, apenas 12,8% dos filmes tinham personagens lésbicas, gays, transgênero e bissexuais desde 2012

[Grupo pede personagens LGBT em 50% dos filmes até 2024]
Foto : Sarah Kate Ellis, presidente da GLAAD | Divulgação

Por Metro1 no dia 22 de Maio de 2018 ⋅ 22:00

No ano passado, os filmes dos grandes estúdios de Hollywood tiveram a menor porcentagem de personagens lésbicas, gays, transgênero e bissexuais desde 2012. 

Os dados são de um relatório divulgado hoje (22) pela Glaad (aliança de gays e lésbicas contra a difamação, na sigla em inglês), organização que luta pela defesa do grupo.

De acordo com o informe anual Índice de Responsabilidade dos Estúdios, apenas 14 dos 109 lançamentos do ano passado dos sete maiores estúdios de Holywood incluíram personagens LGBTQ – uma taxa de 12,8%.

A organização pediu que, até 2021, 20% dos lançamentos anuais de Hollywood incluam um personagem gay, lésbica, transgênero, bissexual ou de gênero fluido. A Glaad ainda solicita que a taxa chegue a 50% da produção até 2024.

Notícias relacionadas