Mundo

Papa Francisco aceita renúncia de dois bispos chilenos por pedofilia

Até o momento, o Santo Padre aceitou a renúncia de sete bispos chilenos

[Papa Francisco aceita renúncia de dois bispos chilenos por pedofilia]
Foto : Christopher Furlong/Getty Images

Por Marina Hortélio no dia 21 de Setembro de 2018 ⋅ 18:00

O Vaticano anunciou que o papa Francisco aceitou hoje (21) a renúncia de mais dois bispos do Chile. O país investiga casos de pedofilia cometidos por membros da Igreja Católica.

De acordo com a declaração oficial da Santa Sé, Carlos Eduardo Pellegrin Barrera, bispo de Chillán desde 2006, e Enrique Cristián Contreras Molina, bispo de San Felipe, deixaram os cargos. Os dois são investigados por suspeita de abuso.

Atualmente, são 119 casos de suspeita de crime sexual por membros da religião contra menores e adultos desde os anos 1960. Até o momento, o Santo Padre aceitou a renúncia de sete bispos chilenos.

Notícias relacionadas