Mundo

Secretário-assistente da Justiça dos EUA deve deixar posto no governo

Rod Rosenstein é responsável por supervisionar a investigação sobre o papel da Rússia nas eleições presidenciais de 2016

[Secretário-assistente da Justiça dos EUA deve deixar posto no governo]
Foto : Chip Somodevilla/Getty Images

Por Marina Hortélio no dia 24 de Setembro de 2018 ⋅ 21:00

O secretário-assistente de Justiça dos EUA, Rod Rosenstein, deve deixar o cargo, apontaram hoje (24) vários meios de comunicação americanos. Ainda não se sabe se ele vai renunciar ou esperar ser demitido.

A porta-voz da Casa Branca, Sarah Sandres, negou que a saída já esteja decidida. Ela disse ainda que Rosenstein vai conversar com o presidente Donald Trump na próxima quinta-feira (27).

Ele foi o responsável por supervisionar a investigação sobre o papel da Rússia nas eleições presidenciais de 2016. De acordo com o jornal americano The New York Times, o secretário-assistente de Justiça sugeriu gravar secretamente uma conversa com o presidente Trump, para expor o caos no governo.

Ele ainda discutiu recrutar membros do gabinete para invocar a 25ª Emenda à Constituição americana, que permitiria declarar o presidente inapto e removê-lo do posto.

Notícias relacionadas