Mundo

Facebook avalia que hackers não invadiram aplicativos de terceiros

O ataque a quase 50 milhões de contas, divulgado na última sexta (28), ainda é investigado

[Facebook avalia que hackers não invadiram aplicativos de terceiros]
Foto : Stock Catalog

Por Lorena Araújo no dia 03 de Outubro de 2018 ⋅ 16:20

O Facebook avaliou que os hackers que invadiram 50 milhões de contas não chegaram a manipular aplicativos de terceiros vinculados à rede social. Entre os aplicativos que permitem acesso via login no Facebook estão Spotify, Tinder e Airbnb.

Segundo a declaração do vice-presidente de gestão de produtos, Guy Rosen, engenheiros da empresa analisaram os registros de aplicativos externos e não encontraram sinais de problemas.

O Facebook revelou na sexta-feira passada (28) que até 50 milhões de contas foram hackeadas e, por precaução, 90 milhões de pessoas foram deslogadas.

A rede social investiga o dano causado pelos hackers, que exploraram falhas de software para roubar “tokens de acesso”, um equivalente a chaves digitais que permitem aos usuários acessar as contas.

Notícias relacionadas

[Sobe para 446 o nº de mortos após ciclone em Moçambique]
Mundo

Sobe para 446 o nº de mortos após ciclone em Moçambique

Por Aline Reis no dia 24 de Março de 2019 ⋅ 08:00 em Mundo

Ministro do meio ambiente do país afirma que 531 mil pessoas foram afetadas, sendo 110 mil no campo. Outras 259 pessoas morreram no Zimbábue e 56 pessoas, no Malaui.