Mundo

Polícia da Austrália prende mulher suspeita de colocar agulhas em morangos

Acusada teria sabotado produção da fruta a fim de afetar empresas e agricultores

[Polícia da Austrália prende mulher suspeita de colocar agulhas em morangos]
Foto : Reprodução

Por Juliana Rodrigues no dia 12 de Novembro de 2018 ⋅ 10:20

Uma mulher foi presa ontem (11) em Queensland, na Austrália, sob suspeita de comandar uma ação que sabotou a produção de morangos do país. My Ut Trinth é acusada de esconder agulhas nas frutas de forma proposital, a fim de afetar as empresas e os agricultores.

De acordo com a polícia, My Ut Trinth foi indiciada por sete acusações de "contaminação de produtos, com a circunstância de agravamento". Ela é ex-funcionária do setor de morangos. A principal hipótese é que a sabotagem tenha sido feita por vingança.

My Ut Trinth prestou depoimento no tribunal de Brisbane e teve a liberdade condicional negada até a próxima audiência, que acontece no final do mês. Ela pode pegar até dez anos de prisão. Outros envolvidos ainda são procurados.

Foram denunciados 320 casos de sabotagem na Austrália, afetando 68 marcas, sendo 49 do estado de Queensland. A ação obrigou um recall por parte das maiores produtoras e o descarte de várias toneladas dos cultivos.

Notícias relacionadas