Mundo

Macron cogita isolar Bolsonaro e condiciona comércio a acordo ambiental

'Queremos acordos equilibrados', disse o presidente da França, sem citar diretamente as declarações de Bolsonaro sobre o acordo climático

[Macron cogita isolar Bolsonaro e condiciona comércio a acordo ambiental]
Foto : European Union 2018 – European Parliament

Por Matheus Simoni no dia 30 de Novembro de 2018 ⋅ 11:20

O presidente da França, Emmanuel Macron, afirmou hoje (29) que a possibilidade de seu governo apoiar o acordo comercial entre a União Europeia (UE) e o Mercosul está diretamente condicionada à posição do presidente eleito, Jair Bolsonaro, sobre o Acordo Climático de Paris.

"Não podemos pedir aos agricultores e trabalhadores franceses que mudem seus hábitos de produção para liderar a transição ecológica e assinar acordos comerciais com países que não fazem o mesmo. Queremos acordos equilibrados", disse Macron, sem citar diretamente as declarações de Bolsonaro sobre o acordo climático.

Ao lado do presidente da Argentina, Mauricio Macri, Macron pediu maior compreensão do bloco econômico sul-americano para a questão climática do planeta. "No Mercosul houve uma mudança política importante, no Brasil, recentemente, então o Mercosul precisa refletir a natureza do impacto desta mudança. E eu disse claramente que da parte francesa, não sou favorável a que se assinem acordos comerciais amplos com potências que não respeitam o Acordo de Paris e que assim anunciaram", completou o francês.

Notícias relacionadas