Mundo

Mais de 1.700 pessoas são detidas na França após protestos dos 'coletes amarelos'

Pelo quarto fim de semana consecutivo, o movimento realiza manifestações contra a alta do custo de vida no país e o governo do presidente Emmanuel Macron

[Mais de 1.700 pessoas são detidas na França após protestos dos 'coletes amarelos']
Foto : Eric Feferberg / AFP

Por Daniel Brito no dia 09 de Dezembro de 2018 ⋅ 18:00

O Ministério do Interior da França informou hoje (9) que 1.723 pessoas foram detidas ao redor do país durante os protestos dos "coletes amarelos" realizados ontem (9). De acordo com a pasta, houve confrontos em cidades como Marselha, Bordeaux, Lyon e Toulouse. 

Pelo quarto fim de semana consecutivo, o movimento realiza manifestações contra a alta do custo de vida no país e o governo do presidente Emmanuel Macron. Do total de detidos, 1.220 foram mantidos sob custódia. 

Ainda segundo o ministério, 136 mil pessoas participaram das manifestações. A polícia local relata ter feito 1.082 prisões, contra 412 nos protestos do sábado passado.

Nos próximos dias, Macron deve fazer um discurso para anunciar medidas que atendam às reivindicações dos manifestantes, de acordo com o porta-voz do governo, Benjamin Griveaux.
 

Notícias relacionadas