Mundo

Paralisação parcial do governo americano pode custar mais que o muro

Valor do prejuízo já chega a US$ 3,6 bilhões ao país

[Paralisação parcial do governo americano pode custar mais que o muro]
Foto : Tia Dufour / White House

Por Kamille Martinho no dia 11 de Janeiro de 2019 ⋅ 22:00

A paralisação parcial do governo dos Estados Unidos, que completa 21 dias hoje (11), já gerou um prejuízo de US$ 3,6 bilhões ao país. O valor exigido pela Casa Branca para construir o muro é de US$ 6 bilhões. Caso a paralisação dure mais duas semana, o prejuízo ultrapassa o valor solicitado.

O cálculo foi feito pela agência de risco Standard & Poor’s. “O impacto desta paralisação do governo tem custos econômicos diretos e indiretos. Os indiretos incluem férias canceladas nos parques nacionais, museus e monumentos, além de negócios perdidos com empreiteiros que fazem trabalhos para o ‘Tio Sam’. Enquanto um fechamento curto poderia não representar mudanças nos planos de negócios, um mais longo poderia sim forçar a redução de pessoal”, afirmou a  economista-chefe da agência, Beth Ann Bovino.

Trump se nega a aceitar qualquer proposta orçamentária para destravar o governo que não inclua o financiamento do muro. Os democratas, por outro lado, se negam a destinar a verba exigida pelo presidente para a construção.

A paralisação afeta cerca de 800 mil funcionários, que estão sem receber salários ou ganharam licença não remunerada. Diferentes órgãos também estão sem recursos, operando de forma parcial.

 

Notícias relacionadas

[Maduro pede encontro 'cara a cara' com Trump]
Mundo

Maduro pede encontro 'cara a cara' com Trump

Por Marina Hortélio no dia 18 de Janeiro de 2019 ⋅ 21:30 em Mundo

Maduro assumiu um segundo mandato de seis anos no dia 10 de janeiro, que não é reconhecido pela oposição e por vários países

[Dois aviões russos colidem durante voo ]
Mundo

Dois aviões russos colidem durante voo

Por Kamille Martinho no dia 18 de Janeiro de 2019 ⋅ 12:40 em Mundo

Os aviões eram bombardeiros russos, que desenvolvem uma velocidade máxima de 1,6 mil quilômetros por hora