Mundo

Papa se oferece para mediar diálogo na Venezuela

Para que ajuda seja efetivada, governo e oposição devem iniciar uma aproximação

[Papa se oferece para mediar diálogo na Venezuela]
Foto : Presidencia Panama

Por Kamille Martinho no dia 06 de Fevereiro de 2019 ⋅ 13:00

O papa Francisco disse ontem (05) que o Vaticano está disposto a ajudar a mediar a crise política na Venezuela caso todos os lados concordem. Para que ajuda seja efetivada, governo e oposição devem iniciar uma aproximação.

Em entrevista a jornalistas a bordo do avião papal, Francisco ainda confirmou que recebeu uma carta do ditador Nicolás Maduro, mas que ainda não a leu.

Maduro declarou na segunda (4) ao canal de TV italiano Sky TG24 que enviou uma carta ao papa pedindo "ajuda em um processo para facilitar e reforçar o diálogo".

"Eu lerei a carta e verei o que pode ser feito, mas a condição inicial é que os dois lados peçam [a mediação]. Estamos dispostos a fazer isso", disse o papa.

Maduro já afirmou que gostaria de se encontrar com Guaidó para um diálogo, mas o opositor disse que o convite é só uma tentativa do ditador de ganhar tempo e que não pretende se reunir com ele. A maior parte da oposição cita que as últimas tentativas de negociações com o ditador foram improdutivas.

Notícias relacionadas