Mundo

França retira embaixador da Itália após vice-premiê italiano se reunir com coletes amarelos

Luigi Di Maio havia oferecido apoio ao grupo antigovernamental

[França retira embaixador da Itália após vice-premiê italiano se reunir com coletes amarelos]
Foto : Getty Images

Por Lara Curcino no dia 07 de Fevereiro de 2019 ⋅ 15:40

A França anunciou hoje (7), por meio do porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do país, a retirada do seu embaixador da Itália. A decisão vem após o vice-primeiro-ministro italiano, Luigi di Maio, se reunir com membros dos coletes amarelos, grupo responsável por protestos contra o governo de Emmanuel Macron desde novembro do ano passado.

De acordo com o Estadão, a representante da chancelaria, Agnes von der Muhll, o embaixador francês foi chamado de volta para “consultas”, exigindo que a Itália retomasse as relações amigáveis dignas “do nosso destino comum”. Ela afirma que a França “tem sido, por meses, alvo de ataques repetidos e sem fundamento”.

Di Maio se encontrou nesta semana com apoiadores dos coletes amarelos que pretendem participar das eleições para o Parlamento Europeu, que vão ocorrer em maio deste ano. O italiano disse que o seu movimento populista ofereceria apoio aos manifestantes e acusou Paris de incentivar a crise migratória pelo continente.

Notícias relacionadas