Mundo

Justiça da Venezuela abre investigação contra Guaidó para apurar sua responsabilidade em apagão

As agências do setor elétrico da Venezuela, do governo Maduro, falam em "sabotagem criminosa e brutal contra o sistema de geração elétrica"

[Justiça da Venezuela abre investigação contra Guaidó para apurar sua responsabilidade em apagão]
Foto : Antonio Cruz/Agência Brasil

Por Kamille Martinho no dia 12 de Março de 2019 ⋅ 18:00

O procurador-geral da Venezuela, Tareq Saab, informou hoje (12) que abriu uma investigação contra o autodeclarado presidente da Venezuela, Juan Guaidó, para apurar sua responsabilidade no apagão que afeta o país desde quinta-feira (7) da semana passada.

"O Ministério Público iniciou uma nova investigação contra o cidadão Juan Gerardo Guaidó Márquez por seu suposto envolvimento na sabotagem realizada contra o Sistema Elétrico Nacional (SEN)", disse Saab.

O motivo do apagão, entretanto, ainda não está claro. As agências do setor elétrico da Venezuela, do governo Maduro, falam em "sabotagem criminosa e brutal contra o sistema de geração elétrica" na usina de Guri, a mais importante do país.

Em pronunciamento feito no sábado, Maduro disse que um ataque cibernético impediu a restituição da energia. 

Notícias relacionadas