Mundo

Sobe para dois número de mortos durante protestos na Venezuela

Mulher identificada como Jurubith Rausseo García morreu após ser baleada na cabeça durante uma manifestação em Caracas

[Sobe para dois número de mortos durante protestos na Venezuela]
Foto : Manaure Quintero/ Reuters

Por Juliana Almirante no dia 02 de Maio de 2019 ⋅ 06:45

Uma mulher identificada como Jurubith Rausseo García morreu ontem (1º) durante os protestos na Venezuela. 

Assim sobe para dois o número de mortos na nova onda de manifestações contra o governo de Nicolás Maduro, de acordo com a ONG Observatório Venezuelano de Conflito Social (OVCS).

"Condenamos o assassinato da jovem Jurubith Rausseo García (27) por impacto de uma bala na cabeça durante uma manifestação em Altamira (Caracas)", afirmou, em comunicado, publicado na conta da ONG no Twitter.

Em balanço deste ano, segundo a OVCS, já são "55 o número de manifestantes assassinados" em ações contra o governo de Maduro.

Na terça-feira (30), Samuel Enrique Méndez, de 24 anos, havia morrido durante os protestos que ocorreram no estado de Aragua, depois da tentativa do chefe do Parlamento, Juan Guaidó, de liderar um levante militar.

Notícias relacionadas