Mundo

Naufrágio na China já tem 396 mortos; 456 estavam a bordo

O número de mortos no naufrágio de um navio no Rio Yangtzé, na última segunda-feira (1º), na China, subiu para 396. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : EPA/ Agência Lusa

Por Matheus Morais no dia 07 de Junho de 2015 ⋅ 10:15

O número de mortos no naufrágio de um navio no Rio Yangtzé, na última segunda-feira (1º), na China, subiu para 396. Quarenta e seis pessoas continuam desaparecidas. De acordo com o governo chinês,  há apenas 14 sobreviventes entre as 456 pessoas que estavam a bordo da embarcação.


De acordo com a Agência Brasil, o número de mortos subiu rapidamente depois que as equipes que trabalham no local do naufrágio, no maior rio do país, conseguiram virar o navio, depois de várias manobras, de acordo com a agência chinesa de notícias Xinhua.


Das 456 pessoas que viajavam no Estrela Oriental, a maioria aposentados que faziam turismo, apenas 14 sobreviveram. Entre os sobreviventes, estão o capitão e o chefe das máquinas, que conseguiram sair do barco antes do naufrágio, que já é considerado o maior acidente marítimo na China em décadas.


Os parentes dos mortos e desaparecidos reclamam da falta de informações das autoridades e pedem para ver os corpos das vítimas. “Queremos ver os corpos dos nossos familiares, alguns creem que o governo os quer ocultar. Temos o direito a enterrá-los”, disse Xia Yunchen, irmão de um dos tripulantes do Estrela do Oriente.

 

Notícias relacionadas

[Após legalização, estoques de maconha esgotam no Canadá ]
Mundo

Após legalização, estoques de maconha esgotam no Canadá 

Por Alexandre Galvão no dia 19 de Novembro de 2018 ⋅ 07:00 em Mundo

A agência Health Canada, que autoriza as licenças para os produtores da planta cannabis, diz que trabalhou intensamente nos primeiros meses antes da legalização para aume...

[Marinha da Argentina divulga imagens de submarino naufragado]
Mundo

Marinha da Argentina divulga imagens de submarino naufragado

Por Matheus Simoni no dia 18 de Novembro de 2018 ⋅ 20:00 em Mundo

Nas imagens é possível ver quando a equipe que operava um dos veículos que fazia as buscas vê o ARA San Juan pela primeira vez em uma região de cânions (espécie de rios s...