Mundo

Polícia italiana encontra míssil com ativistas de extrema direita

Autoridades também encontraram símbolos nazistas e arsenal de fuzis e pistolas

[Polícia italiana encontra míssil com ativistas de extrema direita]
Foto : Polícia Italiana/AFP

Por Catarina Lopes no dia 15 de Julho de 2019 ⋅ 20:30

A polícia italiana encontrou hoje (15) um míssil desarmado que ainda podia ser ativado durante uma operação anti-terrorismo no norte da Itália. Foram cumpridos mandados de busca e prisão contra três pessoas ligadas ao tráfico de armas internacional e a extrema direita, além de serem apreendidas diversas armas e símbolos nazistas.

O míssil, de fabricação francesa, é usado por forças militares do Catar, e foi encontrado em um armazém perto da cidade de Voghera. Lá foram presos Alessandro Monti, proprietário do local, e Fabio Bernardi. Já na cidade de Pavia, a polícia prendeu Fabio Del Bergiolo. As investigações começaram há um ano e, em uma das ligações interceptadas, os suspeitos falavam em vender o míssil por 470 mil euros.

Notícias relacionadas