Mundo

Peso argentino desvaloriza 30% após resultado favorável para chapa de Kirchner

A prévia presidencial do país mostrou Fernández 15% acima de Macri

[Peso argentino desvaloriza 30% após resultado favorável para chapa de Kirchner]
Foto : Getty Images

Por Lara Curcino no dia 12 de Agosto de 2019 ⋅ 18:20

Após o resultado divulgado hoje (12) da prévia presidencial na Argentina, em que o atual presidente Mauricio Macri ficou 15 pontos percentuais atrás do candidato da oposição Alberto Fernández, cuja vice é a ex-presidente Cristina Kirchner, a moeda do país apresentou uma queda considerável, superior a 30%. 

Com a retração, o dólar chegou ao custo recordista de 60 pesos argentinos. Antes da votação, na sexta (9), a cotação era de 46,57 para cada moeda americana.

Além da desvalorização do peso, o índice Merval, mais importante da bolsa de valores argentina, chegou a cair 30% por volta do meio-dia hno horário de Brasília.  

Para tentar solucionar o preocupante cenário, Macri fez uma reunião de emergência com alguns ministros e o presidente do Banco Central do país, Guido Sandleris. No encontro, foi decidido pelo aumento da taxa de juros para 74%. Na sexta era de 63,38%.

Notícias relacionadas