Mundo

Ministro da Fazenda da Argentina deixa cargo

A renúncia ocorre uma semana após o resultado das eleições primárias que desencadearam uma crise no governo argentino

[Ministro da Fazenda da Argentina deixa cargo]
Foto : Reprodução/TV Globo

Por Kamille Martinho no dia 18 de Agosto de 2019 ⋅ 07:30

O ministro da Fazenda da Argentina, Nicolás Dujvone, renunciou ao cargo ontem (17), segundo a agência nacional de notícias argentina Télam. Dujovne, que ocupava o cargo desde janeiro de 2017, entregou uma carta de renúncia a Macri, em que disse “convencido de que, em virtude das circunstâncias, a gestão precisa de uma renovação significativa na área econômica”.

Em sua carta, Dujvone reconheceu erros na condução da economia argentina, mas disse que atuou para corrigi-los. 

A renúncia de Dujvone ocorre uma semana após o resultado das eleições primárias que desencadearam uma crise no governo. A chapa de Alberto Fernández e da ex-presidente Cristina Kirchner derrotou Macri e é a favorita para as eleições presidenciais em outubro.

Para ocupar a pasta, o presidente Mauricio Macri, chamou o ministro da Economia da Província de Buenos Aires, Hernán Lacunza.

Notícias relacionadas