Mundo

À deriva há duas semanas, 356 imigrantes desembarcarão em países europeus

França, Alemanha, Irlanda, Luxemburgo, Portugal e Romênia irão receber os passageiros

[À deriva há duas semanas, 356 imigrantes desembarcarão em países europeus]
Foto : Pixabay

Por Kamille Martinho no dia 23 de Agosto de 2019 ⋅ 14:40

O primeiro-ministro de Malta, Joseph Muscat, anunciou hoje (23) que os 356 imigrantes, a bordo do navio humanitário "Ocean Viking" poderão desembarcarem seis países europeus: França, Alemanha, Irlanda, Luxemburgo, Portugal e Romênia. A embarcação estava há 14 dias à deriva no mar Mediterrâneo.

Segundo a organização Médicos Sem Fronteira (MSF), o barco já estava ficando sem mantimentos e sem recursos para aguentar mais dias no mar. Em comunicado, o MSF pediu um “mecanismo de desembarque” adequado, agradecendo aos países se disponibilizaram a acolher os imigrantes.

“Malta vai transferir essas [356] pessoas para embarcações das Forças Armadas maltesas que as transportarão para terra firme, fora de território maltês”, afirmou o primeiro-ministro maltês, Joseph Musca, em sua conta no Twitter.

Notícias relacionadas