Mundo

Presidente do Equador cede e derruba alta dos combustíveis

Medida provocou forte reação da população, que protestou nos últimos 11 dias

[Presidente do Equador cede e derruba alta dos combustíveis]
Foto : Archivo Medios Públicos EP

Por Metro1 no dia 14 de Outubro de 2019 ⋅ 10:20

O presidente do Equador, Lenín Moreno, revogou o decreto que retirava o subsídio aos combustíveis. A medida deve pôr fim aos distúrbios que atingiam o país e provocavam protestos da população há 11 dias.

O decreto provocou alta de até 123% nos combustíveis. Depois de uma conversa com os líderes indígenas e um intervalo de mais de uma hora, Moreno declarou que é inválido o decreto 883, e que este será substituído por um novo texto, a ser redigido por uma comissão que foi formada na noite de ontem (13).

Notícias relacionadas