Mundo

Itália avalia plano para sair do confinamento quando houver redução de casos de coronavírus

Especialistas avaliam que isso momento poderia acontecer entre 5 e 16 de maio, a depender da região do país

[ Itália avalia plano para sair do confinamento quando houver redução de casos de coronavírus]
Foto : Comune di Venezia

Por Juliana Almirante no dia 01 de Abril de 2020 ⋅ 09:57

O governo italiano avalia um plano para encerrar o confinamento e retomar as atividades da população, depois de o ministro da Saúde anunciar a prorrogação do isolamento social até 12 de abril, devido à pandemia do novo coronavírus. 

O país registrou 837 mortes por conta da doença ontem (31). No total, já foram 12.428 mortes no país devido à Covid-19.

Ontem foram registrados 4.053 novos casos, enquanto na segunda-feira, foram 4.050. Há um indício de que a curva de infecções comece a ficar plana. A região do país mais atingida, Lombardia, passa por um momento de queda brusca. 

Autoridades italianas, entre elas o primeiro-ministro, Giuseppe Conte, sustentam que o retorno do país a suas atividades precisa ser gradual.

O momento mais adequado para retomar as atividades poderia ser quando o número de novas infecções for zero, ou próximo de zero, em todo o território italiano. 

Especialistas avaliam que isso momento poderia acontecer entre 5 e 16 de maio, a depender da região do país.

Notícias relacionadas