Mundo

Papa Francisco aprova tribunal para julgar padres acusados de pedofilia

O Papa Francisco aprovou nesta quarta-feira (10) a criação de um tribunal para julgar bispos acusados de encobrir casos de pedofilia. Para tornar mais dura e eficiente a luta contra os abusos, o pontífice anunciou uma reforma geral na Igreja. Ele aceitou cinco propostas da comissão para a tutela dos menores, entre elas a iniciativa que prevê como crime canônico o abuso do cargo episcopal. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/Reuters

Por Matheus Simoni no dia 10 de Junho de 2015 ⋅ 19:41

O Papa Francisco aprovou nesta quarta-feira (10) a criação de um tribunal para julgar bispos acusados de encobrir casos de pedofilia. Para tornar mais dura e eficiente a luta contra os abusos, o pontífice anunciou uma reforma geral na Igreja. Ele aceitou cinco propostas da comissão para a tutela dos menores, entre elas a iniciativa que prevê como crime canônico o abuso do cargo episcopal. Com a mudança, serão punidos os bispos que encobrirem os crimes de pedofilia de outros religiosos.

O Papa criou uma espécie de tribunal dentro da Congregação Para a Doutrina da Fé para julgar esses casos. A previsão de instalação completa do novo tribunal é de cinco anos. Também poderão ser julgados casos retroativos. A ideia foi do presidente da comissão para a tutela dos menores, cardeal Sean Patrik Omaley.

Notícias relacionadas