Polícia

Traficantes são presas com drogas que seriam comercializadas no Carnaval

De acordo com o delegado do Draco Alexandre Narita, que coordenou a operação, o material estava em posse da traficante Vandisneya Santos Silva, de 23 anos, que foi presa na região da Brasilgás. Ela iria fazer a entrega da droga, trazida de Feira de Santana, para outra traficante, identificada como Virgínia Lucia Macedo Machado. [Leia mais...]

[Traficantes são presas com drogas que seriam comercializadas no Carnaval ]
Foto : Divulgação / Polícia Civil

Por Milene Rios no dia 09 de Fevereiro de 2016 ⋅ 11:40

Equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), apreenderam dois quilos de crack, meio quilo de cocaína, além da quantia de R$ 8 mil, na segunda-feira (8). Segundo a polícia, o produto seria comercializados durante o Carnaval.

De acordo com o delegado do Draco Alexandre Narita, que coordenou a operação, o material estava em posse da traficante Vandisneya Santos Silva, de 23 anos, que foi presa na região da Brasilgás. No momento da prisão, Vandisneya iria fazer a entrega da droga, trazida de Feira de Santana, para outra traficante, identificada como Virgínia Lucia Macedo Machado, 37. “As informações que possibilitaram a prisão da dupla foram colhidas pelas equipes veladas que estão trabalhando nos circuitos do Carnaval”, revelou Narita.

Na casa de Virgínia, no bairro da Plataforma, os policiais encontraram ainda quatro armas de fogo, sendo três revólveres calibre 38 e uma pistola calibre 380, e uma balança de precisão. Ela alegou que apenas guardava as armas para traficantes da região do Subúrbio. As duas mulheres foram autuadas em flagrante por tráfico e serão encaminhadas ao Sistema Prisional.

Notícias relacionadas

[Ação da PM em Lauro de Freitas deixa dois mortos]
Polícia

Ação da PM em Lauro de Freitas deixa dois mortos

Por Matheus Simoni no dia 16 de Setembro de 2018 ⋅ 17:30 em Polícia

Eles foram flagrados com pistola, revólver e munições, além de ter envolvimento com o tráfico de drogas, segundo a polícia