Polícia

Ajudante de pedreiro é preso acusado de matar vizinho em Candeias

Um homicídio ocorrido no último sábado (13), no distrito de Passé, em Candeias, foi esclarecido por investigadores da 20ª Delegacia Territorial, da cidade, na manhã dessa terça-feira (16), com a prisão do ajudante de pedreiro Daniel Silva de Santana, conhecido como Tá, de 20 anos. [Leia mais...]

[Ajudante de pedreiro é preso acusado de matar vizinho em Candeias]
Foto : Divulgação / Polícia Civil

Por Camila Tíssia no dia 17 de Fevereiro de 2016 ⋅ 11:43

Um homicídio ocorrido no último sábado (13), no distrito de Passé, em Candeias, foi esclarecido por investigadores da 20ª Delegacia Territorial, da cidade, na manhã dessa terça-feira (16), com a prisão do ajudante de pedreiro Daniel Silva de Santana, conhecido como Tá, de 20 anos.

De acordo com informações da Polícia Civil, a vítima foi o vizinho de Daniel, também pedreiro identificado como Sérgio Ribeiro Silva, 40, que tinha uma dívida de R$ 1 mil com ele, mas não pagava, apesar das constantes cobranças e ameaças. No sábado, os dois mais uma vez se encontraram, não se entenderam e a dívida acabou motivando o crime.

As duas armas utilizadas, um revólver calibre 357 e uma pistola 380, foram apreendidas com Daniel, que, em depoimento ao delegado Marcos Laranjeira, titular da DT/Candeias, alegou estar inconformado com o calote que o vizinho estava lhe dando, já de conhecimento de toda a vizinhança em Passé.

Autuado em flagrante por porte de arma, tanto de uso permitido, quanto restrito, Daniel já teve a prisão preventiva solicitada, pelo delegado Marcos Laranjeira, e permanece custodiado na carceragem da unidade à disposição da Justiça. As armas, além de máscara brucutu também apreendida, serão periciadas pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Notícias relacionadas