Polícia

Suspeito de decapitar vítima é preso com 70 quilos de maconha em Valéria

Foi preso na última segunda-feira (22), Elisberto Pereira de Souza, de 22 anos, suspeito de estar envolvido em 17 homicídios na região de Valéria, entre eles o de Pedro de Almeida Rodrigues, decapitado em 26 de janeiro deste ano. O comparsa Elton da Silva Pereira, 24 anos, também foi capturado no mesmo bairro, com 70 quilos de maconha. [Leia mais...]

[Suspeito de decapitar vítima é preso com 70 quilos de maconha em Valéria]
Foto : Divulgação/Ascom/PC

Por Jessica Galvão no dia 23 de Fevereiro de 2016 ⋅ 19:35

Foi preso na última segunda-feira (22), Elisberto Pereira de Souza, de 22 anos, suspeito de estar envolvido em 17 homicídios na região de Valéria, entre eles o de Pedro de Almeida Rodrigues, decapitado em 26 de janeiro deste ano. O comparsa Elton da Silva Pereira, 24 anos, também foi capturado no mesmo bairro, com 70 quilos de maconha.

A droga estava num matagal, dentro de dois tonéis, divididas em tabletes prensados. Foram apreendidos 51 papelotes e 10 trouxas de maconha e em um tablete de 1 kg e 17 pinos de cocaína, além de munições para pistola calibre 9 mm. Equipes da 31ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) e do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) participaram da ação.

Elisberto tinha dois mandados de prisão em aberto por tráfico de drogas e pelo homicídio de Elizabete Miranda da Silva, assassinada no dia 20 de novembro de 2015, na localidade da Lagoa da Paixão. Ele também é acusado de participar das mortes de Adielson da Silva Costa e Robson França Matos, no dia 5 de janeiro de 2016, naquela região.

Segundo informações da Polícia Civil, Romilson dos Santos Brito, 24, rival de Elisberto, também participou do duplo homicídio de Robson e Adielson, este último filho do policial militar aposentado Ademário José da Costa. Romilson foi flagrado e preso em 12 de fevereiro, na Fazenda Coutos, com uma pistola ponto 45, munições e 17 pedras de crack, por policiais da 19ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM).

Integrantes da quadrilha liderada pelo traficante Adilson Souza Lima, o Roceirinho, que se encontra recolhido no Presídio Federal de Mato Grosso, Elisberto, que já tem passagem por tráfico de drogas, era o chefe de execução do bando e responsável pelo recebimento, armazenamento e distribuição das drogas. Já Elton, que responde por roubo de veículos, era responsável pela contabilidade.

Notícias relacionadas

[Ação da PM em Lauro de Freitas deixa dois mortos]
Polícia

Ação da PM em Lauro de Freitas deixa dois mortos

Por Matheus Simoni no dia 16 de Setembro de 2018 ⋅ 17:30 em Polícia

Eles foram flagrados com pistola, revólver e munições, além de ter envolvimento com o tráfico de drogas, segundo a polícia