Polícia

Polícia elucida tentativa de latrocínio contra jovem em Feira de Santana

O delegado José Luiz Lapa, titular da 1ª Delegacia Territorial (DT) de Feira de Santana, solicitará a prisão preventiva de Phelipe Laurentino Borges, de 21 anos, suspeito de ser o autor do disparo que atingiu a adolescente Kamila Karen Rios Souza, 15, no último dia 10 de março, no bairro dos Capuchinhos, naquela cidade, durante uma tentativa latrocínio. [Leia mais...]

[Polícia elucida tentativa de latrocínio contra jovem em Feira de Santana]
Foto : Divulgação/Ascom/PC

Por Jessica Galvão no dia 22 de Março de 2016 ⋅ 13:50

O delegado José Luiz Lapa, titular da 1ª Delegacia Territorial (DT) de Feira de Santana, solicitará a prisão preventiva de Phelipe Laurentino Borges, de 21 anos, suspeito de ser o autor do disparo que atingiu a adolescente Kamila Karen Rios Souza, 15, no último dia 10 de março, no bairro dos Capuchinhos, naquela cidade, durante uma tentativa latrocínio.

Uma equipe da polícia chegou até Phelipe, na segunda-feira (21), depois de receber denúncia anônima informando que o autor do crime morava no bairro Panorama. Conduzido até a unidade policial, ele confessou o crime ao delegado, explicando que atirou na adolescente porque ela ignorou a ordem de entregar-lhe o celular.

Phelipe disse que, irritado por ela continuar andando, sacou a arma e efetuou o disparo, que a atingiu no pescoço. Em seguida, fugiu na bicicleta que usava. A jovem encontra-se internada no Hospital Estadual da Criança, em Feira, e a polícia aguarda autorização médica para ela ser ouvida.  

Um vídeo registrado pela câmera de segurança de prédio, localizado na rua onde o crime ocorreu, mostra o momento em que Phelipe, na bicicleta, se aproxima da adolescente, que se dirigia para a escola, e efetua o disparo feito com um revólver calibre 32. A arma ainda não foi localizada. Outro vídeo mostra o assaltante fugindo do local do crime.
             
De acordo com a polícia, a camisa pólo listrada que Phelipe usava no dia crime e aparece no vídeo com ele, foi apreendida na residência em que mora. "Depois de ouvir a vítima, assim que ela tiver condições para isso, as peças da investigação serão reunidas, e anexadas ao inquérito, que será remetido à Justiça", disse o delegado.

Notícias relacionadas

[Ação da PM em Lauro de Freitas deixa dois mortos]
Polícia

Ação da PM em Lauro de Freitas deixa dois mortos

Por Matheus Simoni no dia 16 de Setembro de 2018 ⋅ 17:30 em Polícia

Eles foram flagrados com pistola, revólver e munições, além de ter envolvimento com o tráfico de drogas, segundo a polícia