Polícia

Secretário atribui 90% dos homicídios a guerra no tráfico: "É uma realidade"

Questionado sobre os números da violência no estado, que registraram um aumento nos seis primeiros meses deste ano, o secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, comentou os dados e atribuiu grande parte das mortes ao confronto entre traficantes. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Gabriel Nascimento no dia 10 de Agosto de 2016 ⋅ 10:03

Questionado sobre os números da violência no estado, que registraram um aumento nos seis primeiros meses deste ano, o secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, comentou os dados e atribuiu grande parte das mortes ao confronto entre traficantes. "A gente coleta [as informações] todos os dias e trabalha em cima dos pontos onde tem aumentado. 90% dos homicídios são oriundos de guerra de traficantes por drogas, dívidas. É uma realidade que a gente observa no país inteiro. [Com a prisão de lideranças], traficantes mais jovens querem assumir uma posição com violência", afirmou em entrevista a José Eduardo, na Rádio Metrópole, na manhã desta quarta-feira (10).

Segundo o secretário, no primeiro semestre, houve alta de 2% no número de homicídios. "Tivemos um primeiro semestre com números mais elevados [se comparado ao mesmo período de 2015]. Mas nos dois últimos meses conseguimos tirar esse acréscimo e já estamos com uma redução", acrescentou. Barbosa informou ainda que houve diminuição no número de roubo de veículos (13%), roubo a transporte coletivo (12%) e roubo a banco (70%). "[Sobre os bancos] tinhamos quatro ocorrências por semana ano passado. Nesse mês tivemos apenas duas [ocorrências]", ressaltou.

 

 

Notícias relacionadas

[Ação da PM em Lauro de Freitas deixa dois mortos]
Polícia

Ação da PM em Lauro de Freitas deixa dois mortos

Por Matheus Simoni no dia 16 de Setembro de 2018 ⋅ 17:30 em Polícia

Eles foram flagrados com pistola, revólver e munições, além de ter envolvimento com o tráfico de drogas, segundo a polícia